Abraçando as Americas
Abraçando as Américas
Gold Wing - Brasil

 Home | Livro de Visitas | Calendário | Classificados | Mapa do Site | 32 visitantes on-line 



Antônio Cesar
Antonio CÉSAR

 Ver Viagem no Google
 :: VEJA ONDE ESTAMOS - SPOT - ORIENTAÇÃO
 :: Acompanhe nossas viagens pelo Google

 Principal
 :: Página inicial
 :: Histórico
 :: Links interessantes

 Viagens
 :: USHUAIA - JAN 2015
 :: 1º Encontro Grupo GoldWing-Br
 :: 35º WINGDING - GREENVILLE/ SC /EUA 2013
 :: VIAGEM A S. PEDRO DE ATACAMA 2013
 :: VISITANDO O ALASCA
 :: .. FOTOS
 :: .. ITINERÁRIO
 :: .. ANOTAÇÕES DE VIAGEM...
 :: TRIP EUROPA 2012
 :: TRIP EUROPA 2011
 :: Viagem Arg/Uruguai 2010
 :: Punta Del Este 2009
 :: 1o. Encontro GoldWing - Guarujá/SP
 :: Porto Murtinho - 2009
 :: 1o. Encontro Paraguai / 2009
 :: Mendoza 2009
 :: 1a. Reunião GW Campos do Jordão 2008
 :: Campos do Jordão 2008
 :: Porto Murtinho - 2008
 :: Mendoza 2008
 :: Cusco - Peru - (Machu Picchu) 2007
 :: Mendoza 2007
 :: Viagem a Brasília 2006
 :: Punta del Este 2006
 :: Gramado 2005
 :: Punta del Este 2005
 :: Canadá - 2005

 Passeios
 :: Visita do DIOMAR
 :: APARECIDA - Maio 2013
 :: PASSEIO URAÍ/Pr - 2011
 :: Visita Flávio e amigos
 :: Aparecida e Campos do Jordão 2010
 :: Passeio a URAÍ - Pr
 :: VIIº Encontro PHD 2009
 :: Passeio Valentim Gentil
 :: NATAL Alles Blau Blumenau
 :: EVANGELISTA nos States
 :: VIº ENCONTRO PHD 2008
 :: Festa Junina Blumenau - 2008
 :: Semana da Pátria 2007
 :: 2º MotoMP 2007
 :: Gramado - 2007
 :: 1º MotoMP - 2006

 Login
   
    
 Lembrar de mim
Esqueceu sua senha?

   VISITANDO O ALASCA > ANOTAÇÕES DE VIAGEM...

NESTE ESPAÇO ESTAREMOS COLOCANDO NOSSAS ANOTAÇÕES DE VIAGEM E NOSSO DIÁRIO DE BORDO, COMO FORMA DE COMUNICAÇÃO COM TODOS OS AMIGOS, VISITANTES, "GARUPAS CIBERNÉTICAS" E FAMILIARES.

                                                              VOLTAR



   AGRADECIMENTO AO AMIGO E IRMÃO ALEXANDRE
Caro Alexandre, Para algumas pessoas usar o tratamento de "amigo" não é o mais apropriado, mas para quem sabe a extensão de seu significado é o que basta. Eu tive um irmão que acompanhou e curtiu tanto quanto eu os preparativos para aquela nossa viagem de 2005, mas que por determinação Suprema, 30 dias antes de nossa partida teve um infarto fulminante e faleceu, sem sequer conhecer aquela GoldWing preta que eu havia comprado. Não deu tempo para nada, senão viajar com o coração enlutado. No entanto, DEUS sempre deixou Sua Mão sobre mim e naquela mesma viagem, como compensação, fez com que nos aproximassemos cada dia mais e nesse caso, gradativamente, transformou minha amizade por ti, para considerá-lo desde então, aquele irmão que perdi, embora mais velho e rabugento, cujos antídotos para esses males ainda não foram descobertos..... fazer o que senão aguardar a evolução científica... Vejo que sempre levas um livro contigo e que me diz ler constantemente. Eu já lí muito em minha vida, desde os necessários e indispensáveis ao trabalho, como os que me aguçavam o simples prazer da leitura. Hoje leio muito pouco, mas do pouco que leio tiro coisas interessantes que vou anotando para ler nas noites de insônia e viajar no tempo. Outro dia lí em um mail que recebi e por achar que tem muito a ver comigo, guardei alguns fragmentos que diziam: "Eu sou tão abençoado por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos, e ter os risos da juventude gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto. Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata. Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo. Você se preocupa menos com o que os outros pensam. Eu não me questiono mais. Eu ganhei o direito de estar errado." ........" A idade me libertou. Eu gosto da pessoa que me tornei. Não vou viver para sempre, mas enquanto eu ainda estou aqui, eu não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será. E eu vou comer sobremesa todos os dias (se me aperriar). Que nossa amizade nunca se separe porque é direto do coração!" De igual forma, por achar uma estampa da minha vida, guardei há muito tempo um escrito do Jornalista Mexicano Armando Fuentes Aguirre (Catón), uma inteligente crítica que fez a Revista Fortune por não incluí-lo na relação dos homens mais ricos do mundo. Disse ele: “Tenho a intenção de processar a revista "Fortune", porque fui vítima de uma omissão inexplicável. Ela publicou uma lista dos homens mais ricos do mundo, e nesta lista eu não apareço. Aparecem: o sultão de Brunei, os herdeiros de Sam Walton e Mori Takichiro. Incluem personalidades como a rainha Elizabeth da Inglaterra, Niarkos Stavros, e os mexicanos Carlos Slim e Emilio Azcarraga. Mas eu não sou mencionado na revista. E eu sou um homem rico, imensamente rico. Como não, vou mostrar a vocês: Eu tenho vida, que eu recebi não sei porquê, e saúde, que conservo não sei como. Eu tenho uma família, esposa adorável, que ao me entregar sua vida me deu o melhor para a minha; meus filhos maravilhosos dos quais só recebi felicidades, netos com os quais pratico uma nova e boa paternidade. Eu tenho irmãos que são como meus amigos, e amigos que são como meus irmãos. Tenho pessoas que sinceramente me amam, apesar dos meus defeitos, e a quem amo apesar dos meus defeitos. Tenho quatro leitores a cada dia para agradecer-lhes porque eles lêem o que eu mal escrevo. Eu tenho uma casa, e nela muitos livros (minha esposa iria dizer que tenho muitos livros e entre eles uma casa). Eu tenho um pouco do mundo na forma de um jardim, que todo ano me dá maçãs que iria reduzir ainda mais a presença de Adão e Eva no Paraíso. Eu tenho um cachorro que não vai dormir até que eu chegue, e que me recebe como se eu fosse o dono dos céus e da terra. Eu tenho olhos que vêem e ouvidos para ouvir, pés para andar e mãos que acariciam; cérebro que pensa coisas que já ocorreram a outros, mas que para mim não haviam ocorrido nunca. Eu sou a herança comum dos homens: alegrias para apreciá-las e compaixão para irmanar-me aos irmãos que estão sofrendo. E eu tenho fé em Deus que vale para mim amor infinito. Pode haver riquezas maiores do que a minha? Por que, então, a revista "Fortune" não me colocou na lista dos homens mais ricos do planeta? " E você, como se considera? Rico ou pobre? Há pessoas pobres, mas tão pobres, que a única coisa que possuem é ... DINHEIRO." Pois é meu irmão! Digo isso para te agradecer a oportunidade de me orgulhar em dizer "Fui ao Alasca de motocicleta, junto com o Alexandre." Claro que brigamos, discutimos, ficamos alguns quilômetros sem conversar (ainda bem que não tinha rádio...), mas na solidão de nossos capacetes avaliávamos o que tinha ocorrido e logo em seguida tudo voltava ao normal, porque temos a mesma dignidade, o mesmo caráter e a mesma teimosia. Foram desta vez pouco mais de 20.000 kms de alegrias, felicidades, satisfação, realização e muito acerto ( é difícil ter que reconhecer que acertastes todas no GPS de 42 polegadas...). Foram belíssimas paisagens que na velhice teremos a satisfação de assistirmos juntos o DVD e recordarmos esses momentos, tomando um bom vinho ou quem sabe um Xarope. Foram decisões acertadas e prudentes, como a de deixar de irmos a Prudhoe Bay para assegurar nossa integridade física, especialmente naquele fim-de-mundo onde estávamos, longe de socorro para as motos e para nós mesmos. Para mim, como disse, não tenho que provar nada para ninguém e me basta ter chegado a Fairbanks..... cá pra nós... longe pra caramba.... O importante é que fomos e voltamos firmes, sãos, fortes e unidos, guiados e protegidos por nossos caráter e dignidade. Para mim, dei a prova para alguns desafetos de que "nunca devem subestimar a força das pessoas", achando que só eles podem e que sem eles ninguém vai a lugar nenhum..... idiotas e infelizes que seguramente, de modo furtivo iam ao site para saber mais da viagem e, por certo, sofriam muito com nossas alegrias, satisfações e acertos... danem-se eles... Não tenho Confrades, não quero e nunca alimentarei falsos amigos, estes na verdade, os quero distante, pois esse é meu temperamento, meu caráter, minha dignidade e minha maneira de ser, o que me fez ser reconhecido e anunciado como "ranzinza", mas como dito antes, "embora rico, tenho direito de ter defeitos"... Estou na idade e em um estágio da vida, que me basta estar só ou apenas conviver com aqueles poucos que reconheço "amigos de verdade", fato que me poupa de decepções e dissabores. A par do agradecimento, quero também me desculpar por alguma coisa que durante a viagem tenha involuntariamente feito ou dito, mas que estavam em desacordo com o momento ou ocasião, mas peço que credite ao estresse normal de uma viagem desse porte. Por fim, ao agradecer a DEUS por toda essa viagem, me resta apenas aguardar que num futuro breve possamos novamente estar juntos, gastando gasolina e pneus nas estradas de algum Continente desse nosso planeta e acima de tudo, desfrutando a vida. Receba pois, um forte e fraternal abraço desse seu velho e ranzinza amigo e irmão, César

   Falei alto....

Pois é meus amigos,

Ontem quando postei a mensagem anterior dizendo que como raridade tivemos um dia praticamente sem chuvas...quebrei a cara, pois hoje tivemos trechos bastante grandes de chuva forte.
Um lado positivo foi a qualidade da estrada que ajudou muito no rendimento da viagem. O trânsito modificou muito, agora que nos aproximamos da civilização, pois estavamos longe de tudo e de todos, mudam os tipos de carro (antes só camionetes), o ano e marcas.

No geral a viagem está muito boa, bem diferente das anteriores, onde fizemos pouco mais de 900km por dia para cada trajeto e hoje apenas 750km+-.

Nosso retorno de Fairbanks até aqui em Chilliwack (Vancouver), foram 4 dias de viagem, onde rodamos aproximadamente 2.078 mi  ou  3.344 km, em 40 horas de pilotagem.

Estamos ótimos e viemos dormir numa localidade que fica a 100km de Vancouver, pois quando aqui chegamos ainda chovia. Assim, amanhã seguiremos para Seattle, ou seja, retornaremos para os States.

O Hotel (Best Western) é de excelente qualidade, muito bem decorado e uma cozinha de primeira. A saladinha que comi hoje estava muito além da espectativa...

De resto, tudo calmo e agora vamos descansar para amanhar tocarmos adiante.

Um abraço e até breve,

César

   Dia raro...

 

Finalmente, depois de dois dias pilotando sob chuva, sol, vento e péssimas estradas, chegamos a Prince George sem chuva pela estrada e após um pernoite em Fort Nelson.
Impressiona o número de motociclistas rodando por estas bandas, assim como o de MotoHome e Traillers.
Foram dois dias de muita tensão devido ao mau tempo e as condições da estrada. Os buracos e os desníveis escondidos pela água da chuva preocupava a cada metro percorrido.
A dificuldade de enchergar pelo vidro da moto era grande, o que me fazia ficar quase em pé, ou com o pescoço esticado. provocando, como não poderia deixar de ser, uma torcicolo, mas que logo passará.
Mais uma vez diversos animais pelas margens da estrada, mas devido a chuva e a tensão não pudemos tirar muitas fotos, ficam para a próxima.
Os trechos sem asfalto eram os mais preocupantes, pois não sabiamos o que encontraríamos pela frente. Era brita e barro e um rastro das rodas dos carros, onde tinhamos que seguir sem sair da trilha. Mas foi tudo bem...chegamos.
Amanhã seguiremos para Vancourver, onde TALVEZ fiquemos um dia. Ainda não decidi com o Alexandre, o que faremos hoje ou amanhã durante o trajeto.
Temos também um convite do amigo Robert e sua esposa Mónica, para passarmos por Seattle, onde eles se encontram em férias visitando o filho.
Como podem ver, temos muitas coisas para os próximos dias.
Até mais que vou descansar.
Um abração e até breve,
César

   Iniciamos a volta...

Amigos,
Conforme anunciado ontem, no dia de hoje pela manhã, por volta das 08:00 hs, demos início a nosso retorno. As razões já foram declinadas.

Muita chuva, frio de queimar a pele e arder os ossos e uma péssima estrada, cheia de buracos, depressões e outras armadilhas que obrigam a todos que por ela transitam, a ter o maior cuidado e não despregar os olhos da pista.

Foram 949 km de Fairbanks até aqui onde estamos, na cidade de WhiteHorse-CA, sob aquelas condições, e por que não dizer, também com sol em alguns poucos momentos.

Amanhã seguiremos cedinho para FORT NELSON, distante daqui 952 KM.
O céu anuncia chuva.... vamos ver. Amanhã eu conto.
Abraços para todos,

César

   THE LAST FRONTIER.....

THE LAST FRONTIER.....

Meus Amigos,
Estamos em Fairbanks, último ponto das 1.501 milhas da HGW 1 - Trans Alasca.
Para os Canadenses e Americanos, A ÚLTIMA FRONTEIRA !
Daqui para frente somente a HGW Davis para Prudhoe Bay.
Rodamos desde o dia 15 de junho até hoje (28/06),  5.314 milhas ou 8.550 quilômetros.
De Harahan/New Orleans até aqui em Fairbanks.
Visto no mapa, foi um traçado bastante interessante e longo, mas lindíssimo.
Saimos hoje de manhã de Anchorage debaixo de chuva muito forte e assim seguimos por muitos quilômetros.
Na região do Parque de DENAI a coisa melhorou um pouco e conseguimos terminar o percurso mais calmos, pois a gente fica muito tenso, agitado e cansado em uma viagem embaixo de chuva.
Mas sou um GRANDE CACIQUE FAZEDOR DE CHUVA e segui meus impulsos, firmes e seguros.
Aqui em Fairbanks as coisas estão muito ruins, pois está chovendo há muitos dias e a previsão é de mais uma semana inteira, com fortes chuvas, temporais e trovoadas, conforme nos informaram nas lojas da Honda e Harley-Davidson, além de outras pessoas da cidade com quem falamos.
Muitos motociclistas recuaram em sua tentativa e desistiram do percurso até PRUDHOE BAY, o que nos levou a considerar o problema e decidir pela nossa segurança, não cumprindo a etapa de estrada de chão, que está muito esburacada, encharcada, lisa e com muitas pedras, conforme as informações, razão pela qual deixamos de lado PRUDHOE BAY.
Eu e o César estamos muito satisfeitos com o feito e consideramos cumprido o trajeto.
"Mais vale uma pombinha na mão do que duas voando". Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
Trocamos muitas experiências juntos e em dupla sempre decidimos pelo menos perigoso ou o mais seguro, priorizando a integridade física.
Até aqui foi muito bonito a troca de informações com pessoas estranhas, que ao nos verem com a bandeira do Brasil nos faziam perguntas e pediam informações sobre nosso País, America do Sul, etc...
Notamos que nestes quilômetros até aqui rodados, a motocicleta ou o motociclismo abre portas, libera fronteiras e permite um maior entrosamento e entendimento entre pessoas de raças diferentes, linguas diferentes, gostos também diferentes, concedendo uma maior aceitação e compreenção entre pessoas estranhas ou desconhecidas.
E hoje, vindo de Anchorage para Fairbanks, cruzamos com centenas de motociclistas seguindo no sentido inverso, que de maneira alegre e feliz nos acenavam saudando nossa ida, eis que já estavam voltando, após terem chegado no local de real espírito de ( The Last Frontier )  A ULTIMA FRONTEIRA !
Neste trecho não pudemos visitar nenhum local de beleza natural mais à vista, pois a chuva impedia.
Até um passeio de aviãozinho que faríamos sobre o MONTE MACKINLEY cancelamos, tal a chuvarada.
Por isso poucas fotos, mas algumas interessantes.
Em face de tudo isto, amanhã começaremos nosso retorno, devendo seguir a Whitehorse - Fort Nelson - Prince George e Vancouver, para depois curtir o litoral da California, pelo Oceano Pacífico.
Continuaremos com notícias e informo que as mensagens que recebo de vocês nos alegram muito.
Um beijo no coração de todos vocês que estão nos acompanhando.
Alexandre/César


 

Antônio Cesar

 Variedades
 :: VAI AO URUGUAI, ARGENTINA, CHILE E OUTROS PAÍSES?
 :: TANQUE DE EXPANSÃO FUROU...
 :: VIAGEM E ADUANA - O que devo saber...
 :: GASOLINA - Saiba mais sobre...
 :: CAPACETE - Dispensa do selo
 :: GoPro - Tudo sobre...
 :: GPS - Tudo sobre...
 :: ALUGUE UMA MOTO
 :: CAPA DE CHUVA
 :: RETIRANDO o pneu traseiro
 :: FAROL QUEIMOU?
 :: PNEU FUROU? E agora?
 :: SHIMMY no guidão
 :: Sinalizando uma manobra
 :: Um cumprimento já basta
 :: Modelos & Ano da GW
 :: QUE TV EU COMPRO?
 :: FRASES DE PARA-CHOQUE
 :: REDUZINDO FOTOS
 :: SOLUPAN x MOTO = BOMBA
 :: Pastilhas de freio
 :: PNEU, veja só...
 :: Cuidados ao RETIRAR a BATERIA
 :: ENTENDA nossas RODOVIAS
 :: ONDE comprar Acessórios
 :: Proteção de Carter é uma necessidade
 :: Cuidados no Exterior
 :: Cuidados com as borrachas
 :: Limpando o pára-brisas
 :: DVDs de Viagens
 :: Calcule a distância
 :: Mapas diversos
 :: Hoteis e Restaurantes
 :: Oração do Motociclista
 :: Carta do teu velho
 :: Prece do Motociclista
 :: Dicas de viagem

 Arquivo
 :: De Billings para Banff (CA) 
 :: Banff e Lake Louise.... 
 :: Saida de Banff para Dawson Creek 
 :: Estamos em White Horse..... 
 :: Estamos em Billings - Montana 
 :: Dia 18 de junho 
 :: Harahan a Emory..1o. dia 
 :: Um breve registro... 
 :: Passeio em Nova Orleans....  
 :: Primeiro dia... início da viagem... 
 :: Bela mensagem... obrigado Luiz Miguel... 
 :: Curiosidade 

 Home | Livro de Visitas | Calendário | Classificados | Mapa do Site | 32 visitantes on-line 

Abraçando as Américas - Todos os direitos reservados 2008

Enviar e-mail para cesar@abracandoasamericas.com.br para perguntas ou comentários sobre o site.